17 julho 2013

Resenha: A casa das orquídeas.

Eu estava tão ansiosa pra fazer essa resenha! Amo esse livro e talvez a resenha tenha ficado um pouco extensa, mas é que não posso resumir tantas páginas em poucas palavras, querem conferir a resenha? Leia abaixo.

Sinopse - A casa das orquídeas - Lucinda Riley
Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.
A casa das orquídeas - Lucinda Riley
Fonte: Skoob.

Clique em leia mais.





Livro: A casa das Orquídeas.
Autor:  Lucinda Riley.
Editora: Novo Conceito.
Número de páginas: 560.















Eu comprei esse livro antes mesmo de ver que tinha 560 páginas! Foi um susto quando eu recebi ele, posso afirmar que vale cada linha dessas páginas.

Julia Forrester tem uma vida perfeita, um marido que a ama, um filho e sucesso profissional. Mal sabia ela que tudo estava prestes a mudar. Em uma só noite, Julia perde tudo que ela ama inclusive a capacidade de amar novamente.

Tudo começa com as lembranças fantasmagóricas de Julia, ela está muito deprimida e se encontra sem razões para viver, se mudar para um chalé vazio e frio combina perfeitamente com o estado dela. Passa muito tempo lá até que recebe um convite: Visitar Warton Park, uma casa que Julia passou a infância e onde muitos segredos serão revelados.

Wharton Park será vendida em pouco tempo, um leilão está acontecendo, a irmã de Julia pensa que é uma boa oportunidade para comprar algumas coisas que serão dadas de presente no dia do aniversário do pai delas.

Julia começa a vagar pela casa e encontra algo que fez memórias surgirem, a sala com o piano.  É lá que ela reencontra Kit, o herdeiro de Warton Park, o mesmo que ela havia conhecido muito tempo atrás.
A história dos dois se envolve de maneira perfeita, Julia tenta resistir, mas é tarde demais. Kit entrega um velho diário para Julia, e esse diário mudou para sempre a vida dela.

Nessa parte o livro se divide entre a vida de Julia e Wharton Park na segunda guerra mundial. Julia leva o diário para que sua avó a ajude descobrir algumas coisas. A história de Harry com Olivia nos é apresentado, eles se casam e deveriam estar apaixonados, mas não é bem assim.
A segunda guerra mundial começa. Descobrimos que Harry havia se apaixonado por uma moça na Tailândia, mas o destino os separou. Um bebê foi tudo o que restou dessa história, e esse bebê mudou a vida de Julia completamente.

A partir desse diário, Julia conhece o seu passado, ela sabia que alguma coisa teria que explicar sua conexão com Wharton Park, foi uma grande surpresa, mas pelo menos ela tinha Kit. Finalmente Julia resolve voltar a sua vida normal, ela volta para a França na esperança de deixar seu passado adormecido, mas ela acaba encontrando alguém que muda tudo. De repente tudo está de volta, mas algo não está explicado. Por meio de outras pessoas, Julia acaba descobrindo a verdade sobre o acidente que matou seu filho.

“Essa casa, Wharton Park, sempre fez parte de mim, apesar de eu nunca ter sabido o porquê. É simplesmente o lugar ao qual sempre senti que pertencia.”

Ufa, já chega de spoilers! Eu me surpreendi com esse livro, não conseguia desgrudar dele por nenhum segundo, ele é maravilhoso. Toda página é uma surpresa, os personagens foram elaborados perfeitamente e tudo acontece tão rápido que não dá para acreditar. A Julia encontra a felicidade dela, o passado foi desvendado e tudo voltou tão bem mesmo quando parecia que ia dá errado.  É um livro cheio de conflitos, confusões, traições, mas repleto de amor em cada página.  Jamais me arrependerei de ter comprado esse livro, como uma fanática por livros com flores, esse me agradou mais que qualquer um, é algo que relata superação e mostra que todos nós podemos viver novamente. É um romance que nos ensina muitas coisas, a personagem principal sofre tanto, eu chego a ter pena dela, mas ela tem alguém que a ama e isso muda tudo.

Avaliação: 5/5








6 comentários:

  1. Parece ser um livro bastante interessante! Realmente gosto muito desse tipo de livros e, pra mim, quanto maior melhor, pois indica que sempre vão ter um conteúdo novo e envolvente para apresentar! Ótima resenha, parabéns!

    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É excelente, esse livro vale a pena cada página, amo demais. ♥
      Obrigado, beijos :*

      Excluir
  2. Adorei a resenha e parece super legal. Ah, Débora, já estou te seguindo em seu canal do youtube também. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aw, obrigado <3
      Fico muito feliz ^^
      Beijo.

      Excluir
  3. Sempre me assusto com a quantidade de páginas desse livro haha Adorei a resenha, vou ver se leio!
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assusta mesmo, ele é enorme!
      Vale a pena cada página. :D
      Passarei no seu blog, beijo ♥

      Excluir