27 julho 2013

#Resenha: Pandemônio, Lauren Oliver.

Sinopse - Pandemônio - Delírio - Volume 2 - Lauren Oliver
Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.
Pandemônio - Delírio - Volume 2 - Lauren Oliver
Fonte: Skoob.

Clique em leia mais.








Livro: Pandemônio.
Título Original: Pandemonium.
Autora: Lauren Oliver.
Ano: 2013.
Páginas: 304.
Editora: Intrínseca.









Pandemônio deixou muitas pessoas nervosas e subindo pelas paredes, não foi diferente comigo. O livro começa com a adaptação da Lena na selva, ela conhece diversas pessoas lá e mesmo que seja difícil, ela recebe apoio de várias pessoas.

Temos “duas” Lena agora, uma que está vivendo na selva e outra que se encontra infiltrada na sociedade. O livro se divide em duas partes, assim como a Lena. É como se fosse um antes e um depois até que os dois fatos se encontrem.

O começo do livro é meio triste, vemos Lena totalmente decepcionada com o que ela tinha imaginado da selva e com o seu coração partido pelo desaparecimento de Alex. Não está sendo nada fácil para ela, apesar de ser forte, em vários momentos ela desejou que nada daquilo estivesse acontecendo. Lena conta com a ajuda de muitas pessoas, o livro todo ela não esteve tão sozinha assim.

“A Lena antiga teria pavor de uma professora como Fierstein. Ela é velha, má e
parece ter nascido do cruzamento de um sapo com um pit bull. É uma daquelas
pessoas que fazem a cura parecer redundante: não dá para imaginar que ela algum
dia fosse capaz de amar, mesmo sem a intervenção.
Mas a Lena de antes também morreu.
Eu a enterrei.
Deixei-a do outro lado de uma cerca, atrás de uma parede de fumaça e chamas.”

Como citado, o livro se divide em duas partes, esse trecho foi retirado da “nova vida” da Lena, digamos que ela é uma espiã, assim como Alex era. Ela participa de um grupo chamado ASD, e lá ela conhece Julian, um dos grandes ícones do grupo.

“Mas ele é Julian Fineman, e é tudo o que odeio, e não vou lhe pedir nada.”

Das duas partes do livro, a que eu mais gosto é a da Lena na sociedade, acho que a parte da selva ficou meio monótono, mas como era importante que soubéssemos como ela reagiu...

É quase impossível falar desse livro sem jogar spoilers, mas estou tentando. A narrativa desse livro foi muito forte, o nível da escrita subiu e novos personagens cativaram muitas pessoas. Descobrimos várias coisas que não foram explicadas no primeiro livro, tais como: A organização da selva, as guerras e tudo de podre que a sociedade escondia. Mas ainda ficou faltando muitas coisas que nem o terceiro livro explicou. Ponto negativo.

Percebemos que a Lena evoluiu demais, ela está mais corajosa e se força a tomar decisões que ela jamais imaginou que faria. E mais uma vez observamos que o amor mudou totalmente o rumo da história, eu jamais pensei que isso aconteceria. Esse pequeno detalhe deixou vários fãs divididos.

Lena e Julian são os focos da revolução, saibam eles ou não. A maneira que a Lauren introduziu alguns personagens me surpreendeu, até porque pensei que jamais amaria tanto dois personagens que são tão diferentes.

“Ou talvez eu esteja apenas com fome, exausta e cansada de fingir.
Em um rompante, decido contar a verdade a ele.
— Então — digo —, eu não sou quem você pensa.
XXXX fica imóvel.”
xxx pra evitar spoiler...

Enfim, esse livro é o meu preferido da trilogia, o final foi tão surpreendente que não aguentei! Tive que ler Requiem (último livro) na mesma hora. Eu amei a Lena desse livro e não posso dizer a mesma coisa da Lena de Requiem. Lauren Oliver nos surpreendeu com revelações e personagens que tiraram o fôlego de tantas pessoas.

Vale a pena ler, amei o livro e brevemente estarei resenhando o último livro.


Avaliação: 5/5









Nenhum comentário:

Postar um comentário